O QUE É O RENTING E PORQUE PRECISAS DELE

O QUE É O RENTING E PORQUE PRECISAS DELE?

Não, não te vamos falar da origem deste conceito. Vamos, isso sim, explicar-te o porquê do renting ser tão importante nos dias de hoje. Conhece as razões por detrás desta prática.

O renting é um conceito transversal, que se aplica a vários setores de atividade. Na sua tradução literal, este termo diz respeito ao aluguer de algo. Podemos estar a falar de um objeto, de um equipamento ou até de um carro. 

Apesar de conhecermos o conceito de aluguer desde sempre, ele nem sempre foi claro, sobretudo nos últimos tempos—em que temos assistido a uma tendência crescente na procura de equipamentos informáticos. 

Sim, leste bem. Já podes alugar equipamentos como computadores, monitores, televisões e até impressoras. Aliás, é neste último nicho que nos focamos na Impressões Positivas. 

Acreditamos que o segredo do aluguer está na simplificação—não só do termo em si, mas sobretudo da prática que esse encerra. Alugar uma impressora não tem de ser um bicho de sete cabeças. Aliás, é mais simples do que pensas. 

O que é o renting de impressoras 

Acredita: é muito mais fácil do que alugar um carro. O processo é rápido, transparente e, acima de tudo, implica um investimento muito baixo. Quando comparamos o renting à compra de uma impressora, por exemplo, o custo é muito inferior—mas já lá vamos. 

O renting tem uma série de vantagens associadas. Quem gere empresas, de maior ou menor dimensão, conhece o custo de comprar equipamentos de impressão ou fotocopiadoras. 

Na verdade, o investimento nunca termina aí. Há uma série de custos associados que advêm dessa compra: reposição de consumíveis, assistência técnica, peças e tempo são os principais. 

É aí que o aluguer de impressoras entra em ação e simplifica não só uma certa gestão de tempo, como também uma diminuição dos custos associados. 

As vantagens do renting

O aluguer de impressoras traz imensas vantagens. Uma das maiores é a flexibilidade que oferece. Um equipamento destes pode ser alugado por uma empresa ou, até, por um trabalhador por conta própria. Mas há mais: 

· Mensalidade fixa: ao alugares uma impressora, pagas um valor fixo por mês. Sem preocupações adicionais e sem ajustes no preço. Isto poupa-te, é claro, o investimento inicial—que, no renting de impressoras, não existe; 

Redução de custos: como já dissemos anteriormente, o aluguer destes equipamentos pesa muito menos na carteira. O valor deste serviço é calculado com base na impressora que se ajusta ao teu negócio, na quantidade de impressões que vais fazer e no período em que a queres usar; 

· Maior sustentabilidade: o renting de impressoras contribui para um mundo mais sustentável. Para além de assegurar a reciclagem correta de equipamentos, peças e consumíveis em fim de vida útil, garante que o teu negócio se mantém atualizado—com tecnologia cada vez mais amiga do ambiente; 

· Manutenção incluída: a maior parte dos fornecedores garante esta manutenção—como acontece na Impressões Positivas. Isto quer dizer que, tanto o fornecimento de consumíveis, como a resolução de qualquer problema que tenhas com o equipamento, não tem de ser pago à parte. 

Renting: como funciona 

O aluguer de impressoras está a crescer cada vez mais. As empresas e os profissionais individuais procuram soluções que, além de rápidas, lhes assegurem suporte e um contacto constante com o fornecedor. 

É nisso que nos focamos para desenvolver as nossas soluções de renting. O processo é simples e nada burocrático. No fundo, é como se estivesses a alugar um carro ou uma casa— só que muito mais rápido e com menos dores de cabeça. 

Para explicarmos melhor como funciona este processo, reunimos alguns passos que consideramos essenciais. 

1. Escolhe a tua impressora 

Cada fornecedor trabalha com as marcas que considera mais fiáveis. Por isso, vais sempre ter que te “limitar” às marcas e equipamentos que representam—mas podemos já avisar-te que são muitos. E depois de partilhares as tuas necessidades de impressão, um consultor especialista vai-te apoiar na seleção da melhor opção tecnológica (e financeira). 

2. Fornece os teus dados 

Este é aquele passo mais comum. Há alguns dados que são imprescindíveis. Informações como o teu nome, morada ou número de contribuinte são essenciais para que um fornecedor oficialize o aluguer.

3. Recebe a tua impressora 

A tua impressora está pronta e vai ser instalada por um técnico especialista. É este profissional que vai, também, configurar o equipamento com alertas informáticos que avisam o fornecedor de cada vez que precisares de consumíveis—como é o caso dos tinteiros ou toners. Esta gestão remota é essencial e liberta tempo para o teu negócio, garantindo o envio de tudo o que precisas a tempo da próxima impressão. 

4. Começa a imprimir 

Vês? É (mesmo) um processo rápido. Depois de instalares a tua impressora, só precisas de começar a utilizá-la. 

O renting de impressoras é, sem dúvida, um serviço que está a crescer cada vez mais. A verdade é que as pessoas não estão dispostas a pagar por um equipamento que fica facilmente desatualizado e sem valor comercial. 

Aliás, essa é outra das grandes vantagens deste serviço. O aluguer de impressoras permite, por isso, que troques o teu equipamento por outro mais atual—capaz de dar resposta às atualizações constantes do teu negócio. 

Para além disso, ao optares por este aluguer, estás a contribuir para um planeta mais sustentável. Poupas recursos, dinheiro e o (precioso) tempo de que precisas para fazeres crescer o teu negócio. 

O renting de impressoras permite alugar e trocar de equipamento de forma simples e rápida. Exige menor investimento e preocupação. É uma tendência que está a crescer cada vez mais, e é fácil perceber porquê.